Promoção:
Dicas e Notícias
Nossa Loja
9 dicas de maquiagem para quem usa óculos
16/01/2006
Se você faz parte do grupo que repete o trecho "Eu uso óculos", da música de Os Paralamas do Sucesso, não precisa ficar triste quando o assunto em questão é maquiagem. A ideia de que não combina com quem circula de armações está para lá de errada.
Em primeiro lugar, é interessante que o acessório se enquadre com seu estilo e formato de rosto. "Uma moça de pele muito clara com armação preta, por exemplo, fica com ar muito pesado, a não ser que isso reforce sua personalidade e estilo", disse a beauty artist Penélope Beolchi, da agência Lu Molinos & Agenciados.
Para não errar na produção, confira oito dicas listadas por Penélope e pela maquiadora Raphaella Bahia, da Clínica Longevitá:
1) Se tem miopia, a lente tende a deixar os olhos menores. Para dar a impressão de que são maiores, aposte em cores claras. Vale também um tom escuro no canto externo e um claro no centro. O contorno com lápis deve ser feito por fora.
2) No caso de quem precisa usar óculos por conta da hipermetropia, o olhar pode parecer maior. A forma de diminuir esse efeito é optar por cores escuras. O lápis deve ser usado na linha da lágrima.
3) Combine a maquiagem com o tipo de armação. Se for clássica, não fica bem fazer um make moderno, com cores vibrantes, por exemplo.
4) Caso a armação seja colorida, não caia na tentação de usar o mesmo tom nos olhos ou na boca. As alternativas para as vermelhas, por exemplo, são maquiagem nude (com tons próximos aos de pele) ou batom vermelho de tonalidade diferente, como tijolo ou amarronzado, para uma festa. Quem comprou óculos verde-limão pode brincar com outras cores tendências do verão, como laranja e rosa-chiclete.
5) Os óculos deixam as sobrancelhas em evidência. Por isso, não descuide delas. As profissionais recomendam apenas tirar os fios excedentes, sem afiná-las. Uma sombra clara é uma boa opção para valorizar a região acima da armação.
6) Para não esconder as expressões, opte por armações que não escondam as sobrancelhas. E evite usar franja comprida.
7) Use rímel para dar volume aos cílios e não para alongá-los. Assim, evita que borre a lente.
8) Tente não incrementar muito as bochechas e a boca, o que afasta a possibilidade de criar vários focos de atenção no rosto e sobrecarregá-lo.
9) Na hora de comprar os óculos, esteja com a maquiagem habitual. Dessa forma, já confere o efeito que terá.

OS ÓCULOS REFLETEM A PERSONALIDADE DE UMA PESSOA
16/01/2006
Escolher um  óculos é também uma questão de estilo

Eles não são apenas um instrumento de auxílio visual, mas também um acessório da moda. Os óculos permitem que você expresse sua personalidade e marque seu estilo. Mas o que os óculos podem dizer sobre um tipo de pessoa?
O formato do rosto desempenha um papel fundamental na escolha da armação certa, mas há outros fatores a serem considerados. Um consultor óptico experiente reconhecerá rapidamente o tipo certo de armação para o formato de rosto e o tipo de personalidade do seu cliente. Eles conhecem os dois tipos básicos de pessoas: o tipo que "não quer óculos", ou seja, que deseja usar uma armação que combine com o rosto da forma mais harmoniosa possível e que seja extremamente discreta, e o tipo mais influenciado pela moda e que vê seus óculos como um acessório. Mas são essas realmente as duas únicas "categorias"? Estudando o assunto detalhadamente descobrimos alguns resultados interessantes.
Basicamente, existem três grupos distintos de usuários de óculos:

Os que gostam de óculos da moda:

• O rei do estilo - estas pessoas que muitas vezes tem mais de um  óculos. Para eles, nada é extravagante ou moderno demais. Sempre com o modelo mais atual e de preferência com lentes tingidas: desde que goste e que esteja de acordo com o seu humor e/ou roupa, tudo combina. Criativos e extrovertidos consideram seus óculos um complemento do visual.

• O apaixonado por marcas - dão valor a marcas e modelos, inclusive quando escolhem suas roupas. A escolha dos óculos dessas pessoas é influenciada por marcas. Apenas armações dos designers mais famosos do mundo poderão dar elegância ao seu rosto. Além disso, os óculos também devem estar em sintonia com o resto do seu estilo - o visual tem que ser impecável. Os fãs de óculos de marca também apostam em lentes de boa qualidade. Resumindo, sabem que a qualidade tem o seu preço, mas que também se justifica.

• Óculos sem grau (só pelo estilo) - óculos sem a função corretiva estão a venda em lojas de moda como um acessório para o rosto. Óculos "nerd", óculos "GG" estilo anos 70 e óculos em estilo John Lennon são usados no mundo da moda alternativa por pessoas que não precisam, mas desejam usar óculos para complementar o visual. É preciso ter experiência para escolher lentes para óculos; no entanto, armações grandes só ficam realmente bem com lentes finas organicas ou em policarbonato, o que torna o seu uso muito mais confortável. Os profissionais oticos também são bons conselheiros na escolha de lentes coloridas.

Os que gostam de óculos práticos:
• O focado em soluções - esse tipo de pessoa precisa primeiro se acostumar a usar óculos. Quando fazem um exame de vista que detecta a necessidade de algum tipo de auxílio visual, o que importa é que os óculos cumpram a sua função. Ou seja, apenas querem uma coisa: poder enxergar bem novamente, depois escolhem as armações e lentes certas para o seu tipo e problema de visão. Para pessoas que usam óculos pela primeira vez, escolher as armações e lentes o mais leves possíveis e fáceis de limpar pode ajudar muito na adaptação.

• O reservado - essas pessoas querem óculos que tenham o mínimo de armação possível para que passem quase despercebidos. Algumas delas aceitam apenas óculos sem aros. Lentes corretivas de alta refração podem ser usadas para dissimular o grau da prescrição, pois são mais finas do que o tipo padrão para o mesmo grau. Portanto, mesmo em casos de altos graus, seus óculos não terão aspecto de "fundo de garrafa". Este tipo de usuário normalmente é fiel aos seus óculos durante anos e, quando finalmente os substituem por novos, acabam escolhendo óculos bastante parecidos com os antigos.

• O conhecedor - "Só quero o melhor para os meus olhos." Esta frase está na ponta da língua deste tipo de usuário quando vai a uma ótica. Ele conhece bem termos como: bifocais, lentes progressivas e tratamento antirreflexo. Quando escolhem lentes corretivas, consumidores orientados para a qualidade prestam menos atenção no preço e se concentram mais no desempenho dos novos óculos em função de suas necessidades especiais. As armações também devem estar de acordo com seus padrões pessoais de qualidade.
Óculos para pessoas ativas:

• O colecionador - este tipo de usuário trata os óculos como objetos preciosos para serem exibidos com orgulho. Ele os coleciona com paixão e trocaria de modelo todos os dias se pudesse. Não estão muito preocupados se os óculos vão combinar com todos os visuais e em todas as ocasiões, todos os estilos são aceitos, dos aros de tartaruga aos de metal e multicoloridos. Se interessam também por lentes coloridas que combinam com as armações dos óculos e até mesmo por lentes curvas.
• O completo - essas pessoas gostam de estar preparadas para qualquer situação, isso significa que as armações devem ser: atraentes, mas não chamativas; leves, mas resistentes; e, é claro, devem se adaptar com perfeição. Geralmente, não estão à procura de futilidades da moda, mas sim lentes que possam fazer de tudo, ou seja, gostam de óculos multirresistentes,lentes fotossensíveis e progressivas, desta forma não precisam trocar de óculos para ver de longe ou de perto, quando faz Sol ou não.
• O herói cotidiano - pessoas que irradiam vivacidade e ação. Estão sempre em movimento e perdem muito tempo procurando seus óculos. Dizemos óculos no plural, pois estas pessoas precisam de um  óculos para ler e outro para ver de longe. Porém, dois óculos não são o suficiente, pois esses “furacões” precisam de um oculos em cada canto da casa, como na cozinha para cozinhar, no banheiro para se maquiar, na sala para ver televisão e na cabeceira para ler. Além disso, também precisam ver com nitidez para trabalhar e dirigir. É por esta razão que precisam ter um  óculos em cada lugar ou usam uma corrente para segurar os dois tipos de óculos no pescoço - assim evitam de perdê-los. Para pessoas agitadas, lentes e armações "inquebráveis" são fundamentais, uma vez que seus óculos tendem, com alguma frequência, a aparecer embaixo de uma pilha de documentos, a ser derrubados da mesa ou a cair no carro.

Como escolher seus óculos
16/01/2006
Um especialista óptico é a pessoa mais indicada para orientar você na escolha de uma armação, pois vários fatores interferem: o tipo de correção a ser feita (miopia, hipermetropia, etc), formato do rosto, cor do cabelo e dos olhos, seu estilo pessoal, dentre outros.

·O formato da armação precisa combinar com o formato do seu rosto;

·Se precisar, procure ajuda com um profissional óptico;

·Em geral, as armações coloridas são mais indicadas para personalidades ousadas porque chamam mais atenção;

·Armações pretas, mais sérias, são bem marcantes e caem melhor em pessoas morenas;

·Lentes brancassão recomendadas para não acentuar olheiras nem comprometer a maquiagem feminina;

·O ideal é que a armação termine alguns milímetros abaixo das sobrancelhas, pois elas compõem sua expressão e devem ficar à vista;

·Para míopes muito fortes, o tipo de armação ajuda bastante a "disfarçar" a espessura da lente. O indicado são armações pequenas, com aro, e que este seja de certa espessura. A alta tecnologia das lentes oftálmicas atuais ajuda bastante nisso. Já as armações "fio de nylon" (com aro somente na parte de cima) e as "3 peças" (onde não há aro e a haste é presa diretamente na lente) não são indicadas, pois destacam ainda mais a espessura da lente;

·As lentes antirreflexo deixam seu olhar livre, permitindo que você mantenha o contato visual com as pessoas;

·As mulheres devem ter cuidado para harmonizar o estilo e/ou cor entre armação, maquiagem, acessórios e roupa;

·Trocar a armação dos seus óculos, de vez em quando, muda o visual e o resultado em sua aparência é muito eficaz: mais esportivo, formal, delicado, marcante, etc.

Saiba como escolher os modelos certos de óculos para você
16/01/2006
Escolher um par de óculos <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html> exige tempo e disposição para experimentar vários modelos até chegar ao ideal. Muita gente não tem paciência para escolher a armação adequada, detesta usar o acessório e recorre a lentes de contato ou usa os óculos <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html> em situações imprescindíveis, como ler ou ir ao cinema. Mas óculos que harmonizam com o rosto e o estilo de quem os usam podem até mesmo dar um up no visual.

egundo o designer e esteta ótico Francisco Ventura, 90% das pessoas compram óculos de grau de tamanho errado. O ideal é experimentar vários modelos <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>, em vez de comprar porque parecia bonito em uma amiga ou na vitrine. “Não se deve comprar óculos com pressa. É preciso entender o que se está comprando.” Para não errar, há cinco pontos fundamentais que devem ser considerados na hora da compra. Em primeiro lugar, a pupila deve estar centralizada no desenho da armação, como se fosse um alvo. O apoio no nariz deve ficar confortável e encaixar bem, sem marcar a pele, o que ocorre quando o tamanho não está certo. “Há dois tipos de apoio, os de metal, com as plaquetinhas, e os de acetato. Quanto maior a área de apoio no nariz, melhor, pois divide o peso”, explica Ventura.
Getty Images
Confira modelitos de óculos para o inverno!
Veja também!
·Os óculos do inverno 2012 <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>
·Óculos de sol: 30 sugestões para você ficar na moda <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/oculos-de-sol-30-sugestoes-para-voce-ficar-na-moda/n1597705617312.html>
O terceiro fator é que a armação deve sobrepor a parte inferior aos olhos, de forma a disfarçar as olheiras. O quarto ponto, muito importante, é que as sobrancelhas devem acompanhar o formato da armação. Os óculos não devem ultrapassá-las, ou seja, as sobrancelhas não podem ficar dentro da lente. “Delinear é o ideal. Se a sobrancelha é arredondada, a armação também deve ser. Não deve haver espaço entre a sobrancelha e os óculos <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>”, indica o esteta ótico.
As hastes devem apenas se apoiar nas têmporas, sem pressioná-las, o que significa que os óculos não devem ser apertados. Em alguns casos, vincos se formam por conta disso. Elas também devem ficar bem ajustadas atrás da orelha, de forma que os óculos não fiquem nem frouxos nem apertados. Uma dica é passar sempre na ótica para manter as hastes sempre alinhadas, de maneira que os óculos não fiquem tortos.
Formatos de rostos
O formato do rosto também deve ser considerado na hora de se comprar óculos. São quatro os tipos principais: redondo, quadrado, triangular e oval. Quem tem a face quadrada deve apostar em
óculos arredondados e ovalados, os menos angulares possíveis <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>. Já quem tem rosto redondo fica bem com armações retangulares e quadradas <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>. O rosto oval é o mais fácil de combinar: valem tanto os formatos arredondados quanto os retangulares. No caso dos rostos triangulares, com pouco queixo, os modelos mais adequados são os tipo aviador e mais ovalados embaixo, para preencher o espaço.

Quem tem rosto pequeno pode usar
óculos maiores <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>, segundo Giannini. Já quem tem a face grande deve optar por modelos menores, de tamanho compatível. Ou seja, o resultado final deve ser equilibrado. No entanto, Ventura alerta que não se pode ficar preso apenas a essas regras estéticas, já que os óculos se tornaram acessórios de moda. Para ele, não podem faltar dois modelos: o de três peças, aquele que tem apenas as lentes, as hastes e a parte do nariz; e o preto. “O primeiro é neutro e o segundo, marcante, eterno.”
Para disfarçar as lentes que corrigem hipermetropia, que deixam os olhos maiores, uma dica de Giannini é usar
armações que chamam a atenção <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html> - em vez de deixá-la para as lentes - e evitar as quadradas. Para casos de miopia, em que os olhos ficam menores, ele indica óculos ovalados e arredondados.
Getty Images
Você sabia? Cantor Elton John tem mais de 250 mil pares de óculos
Os óculos de Elton John
·Veja mais de 30 modelos usados pelo cantor britânico <http://moda.ig.com.br/modanomundo/os-oculos-de-elton-john/n1597219392955.html>
Cores
Algumas cores casam melhor com diferentes tons de pele. Para negros, Ventura recomenda âmbar, tartaruga, preto e branco.
Quem tem pele clara pode apostar em contrastes e também no tartaruga <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html> - principalmente as loiras. Quem tem cabelos pretos fica bem com armações vermelhas ou vinho. Já quem tem as madeixas avermelhadas pode usar um tom degradê nos óculos em relação ao dos cabelos: nunca o mesmo. O esteta ótico Miguel Giannini indica cores claras para os introvertidos. Para os extrovertidos, modelos coloridos <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>.
Quem usa franja não deve deixar que ela encoste nos óculos. Cabelos muito volumosos não combinam com modelos com detalhes coloridos e apliques nas hastes - nesses casos, é melhor usar uma
peça mais neutra <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>. “Se for liso, com pouco volume, ou curto, vale apostar em detalhes. Sem excesso, são elegantes e enfeitam”, diz Ventura.  Para os homens, óculos de acetato ficam bem para os carecas. Já quem tem barba e bigode deve optar por modelos sem muita informação, como os de três peças.
Óculos de sol
Escolher um par de óculos de sol é bem mais simples. As
últimas coleções <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html> trazem modelos que, na maioria, deixam as sobrancelhas escondidas. “Eles devem, de preferência, cobrir a sobrancelha, para o sol não bater por cima”, observa Miguel Giannini. Na hora da compra, Ventura recomenda fazer um teste simples: sorria; se a armação se mexer, não a leve para casa. Vale considerar também o conforto e o encaixe no nariz, bem como o apoio das hastes, da mesma forma que no caso dos óculos de grau.

Quando os óculos têm metal, as mulheres devem considerar também se a cor combina com a dos outros acessórios, como brincos. “A combinação é importante. É preciso bom senso para não misturar.” As
lentes espelhadas <http://moda.ig.com.br/dicasdemoda/2012-05-09/os-oculos-do-inverno-2012.html>, que estarão em alta no verão, devem ser usadas apenas em situações informais, segundo Ventura. Outro fator importante, segundo Giannini, é evitar óculos de camelô, pois não há como saber se eles têm proteção ultravioleta.


Desenvolvimento: Nodimus - Design by: Josevaldo Bastos
Avenida Sete de Setembro
Edf. Fundação Politècnica - 1ª Sobreloja - Loja 101
Email: oticastylus1@hotmail.com    |   
Tel.: (71) 3033-3016  Salvador/Ba
Back
Next